Mais de 30 atividades anunciadas hoje para o Sónar+D Lisboa

15/03/2022

É hoje divulgado o alinhamento do Sónar+D Lisboa, que conta com mais de 30 atividades, desde instalações artísticas a performances audiovisuais, talks e workshops orientados por artistas. Esta será a maior edição de sempre do Sónar+D a a realizar-se fora de Barcelona, e decorrerá de 8 a 10 de Abril em três edifícios distintos do Hub Criativo do Beato, enquadrado no Sónar Lisboa 2022.
 
Entre os destaques encontramos Nati Infiniti, a primeira instalação de sempre do músico e compositor Alessandro Cortini, que ocupará uma fábrica abandonada, a exposição geológica imersiva Earthworks, dos Semiconductor e uma conferência e apresentação híbrida a cargo da Hamill Industries, de Kiani del Valle e da UPC Barcelona.
 
No programa do festival estão também incluídos trabalhos de artistas e investigadores portugueses, incluindo uma instalação coreográfica híbrida que recorre a imagens de ondas cerebrais do Satore Studio, um ambiente auditivo imersivo criado pela investigadora e artista sonora Cláudia Martinho e uma experiência de realidade virtual concebida pelo pintor e ativista Francisco Vidal.
 
A isto juntam-se ainda artistas e pensadores de renome internacional, como os agitadores internáuticos Tega Brain & Sam Lavigne, o especialista em Web3 Bas Grasmeyer e o notável trabalho de investigação da Forensic Architecture.
 
Muitos mais nomes integram este evento “antidisciplinário” que promove a colaboração entre diversas disciplinas do espetro digital, com foco nos temas da sustentabilidade e dos direitos humanos na era digital.
 
O Sónar+D explora a criatividade e o seu papel como força motriz da mudança no século XXI, com uma programação que abrange a arte, a ciência, a tecnologia e a filosofia. Tudo isto assente na crença do Sónar de que as ideias, linguagens e ferramentas emergentes das comunidades criativas têm um impacto que vai muito para além da arte.
 
Bilhetes já disponíveis aqui.